BC: Abraçando patinhas e adoção responsável

terça-feira, outubro 28, 2014

Oi!! Tô aqui rapidex só pra participar da ação linda que o Rotaroots tá promovendo. 
Basicamente é: A Rotaroots se uniu lindamente com a Max - Total Alimentos, para promover a doação de ração (UMA TONELADA (!!!!!!!!!!!!!) já está garantida) para a ONG ABEAC que é responsável por 1100 cães. Saibam mais aqui.

Então, nisso tudo, nós blogueiras, vamos participar contando nossos relatos e experiências com a adoção responsável. Vamos lá?

Eu tenho três gatos adotados e dois cachorros. Mas como tô com pressa (ai meu deus socorro) e é bicho demais, vou falar sobre os meus gatos.



O Shaw é o mais velho. Ele estava com a mãe, na casa de uma vizinha. Então a adoção dele foi tranquila, ele foi bem alimentado e não tinha doenças. Isso foi em 2010. Ele foi atropelado em 2011 e e passou por cirurgias nas pernocas afetadas. Hoje ele é saudável e manquinho, porém ainda carrega muitos traumas do atropelamento. Uma coisa curiosa é que eu não vi ele sendo atropelado, foi meio longe de mim, sabe?. Ele desapareceu por dias e eu ficava procurando loucamente, chamando por todos os cantos, até que um dia ele veio se arrastando pela calçada de casa e entrou pelo portão, miando muito, claro. Levamos no vet imediatamente.
O Frodo foi em 2012. Uma moça do meu colégio não pôde ficar com ele e deixou ele lá no IF. Eu resolvi trazer ele (tive ajuda, muita ajuda ♥) numa caixa do centro até minha casa de ônibus e digamos que ele fez... bagunça. Tinha muitas feridas e era muito magro e filhote. Me orgulho muito de ter tirado ele da rua e plus, hoje ele está grande, forte e saudável e é muito engraçado e carinhoso.


Já a Frida é a mais nova e recente. Depois de eu ter acolhido o Frodo, meu pai apelou comigo e disse que eu não poderia trazer mais gatos pra casa. É fácil dizer, né? Pois bem. No feriado de carnaval ele foi perseguido na rua pela Frida, que estava tomada por micoses e muito, muito filhote e magra. Ele acabou trazendo. Por fim, ganhei minha primeira gatinha e outra: ele entendeu que as vezes não é você que escolhe o bicho, ele escolhe você e mais: quando tem um bicho indefeso na rua, prestes a morrer seja por fome ou atropelamento você não ignora. Não dá pra ignorar.

Aqui em casa é bem grande, nós temos árvores e um quintal legal. Os gatos se divertem MUITO aqui, dá pra ver pela última foto, hahahaha. Eu entendo que nem sempre você tem uma casa legal para um bicho ou condições de cria-lo. Por isso falamos em ''adoção responsável'' o que eu sugiro pra você que não pode levar pra casa é: alimente, fotografe e poste na internet, procure um provável dono ou uma ONG. Eu fiquei muito triste quando constatei que não posso salvar todos os animais do mundo, muito mesmo. Mas há sempre o que pode ser feito, inclusive você ajudar $$ uma ONG para cooperar para que mais animais sejam resgatados, castrados e alimentados.

Muita gente me julga, acha que eu sou esquisita, sonhadora e que fico auxiliando em "gatos de rua nojentos". Eu corro o risco de pegar uma doença de pele mesmo. Alimento MESMO e não tô nem aí. 
Tenho um cachorro, e trouxe ele todo seboso e fedorento no colo e hoje ele tá aqui forte e saudável. A Frida? Foi meses e meses, minha mãe e eu passando pomadas para tratar as doenças de pele. E quando eu olho e vejo ela forte e feliz, não consigo cogitar em fazer diferente. 
Quando você adota um bicho, você vai ter que cuidar dele. Seja limpar xixi, cocô, caixa de areia, passar pomada em micose, enfiar o dedo na goela se engasgar. Quer coisa mais difícil que fazer gato engolir comprimido? Sim, você vai ter que cuidar. 
Quer um bicho silencioso, cheiroso 24/7 e que não faz cocô e xixi? Compre uma pelúcia.
Não gosta de bicho? Tenho uma sugestão, doe para ONGS que oferecem castração. Menos bicho na rua pra te incomodar (rs).

DEPOIS DE TANTO FALAR....
Eis aqui uma maneira legal de você ajudar centenas de animais.
Além da doação já garantida, podemos conseguir mais. Doando o valor mínimo de R$6 (equivalente a um kg de ração) a MAX adiciona mais 50%. Tá ruim de entender? Vou usar essa ilustra da Pri pra explicar:

E por último e mais importante, aqui o link pra você fazer a doação: link


 Preciso correr pra revisar o conteúdo do ENEM, então beijos e adotem muito, flw vlws!!!!



{Eu palmirinha} Os churros que não deram certo

domingo, outubro 26, 2014

*isso não é um tutorial
O pano tá sujo mesmo, porque ninguém tem paciência pra montar cenário depois de TANTOS imprevistos, hahaha
Mais um post do projeto Eu Palmirinha. Eu ia fazer doce de leite em pó, que apesar de muito simples, marcou a minha infância. Além de que, ao fazê-lo eu não correria o risco de incendiar toda a casa. Porém, o leite em pó acabou e como vocês sabem, o bendito não é nada barato. Aí tive a ideia de fazer churros, só que meu irmão ficou INDIGNADO comigo, porque nosso final de semana já havia sido MUITO gordo e fazer mais gordice seria sacanagem com ele. Aí resolvemos fazer na airfryer...

Para quem está interessado em uma RECEITA de churros, recomendo muito esse tutorial, já usei uma vez e deu muito certo. Link

Considerações sobre o processo:


1. Isso é uma garrafa PET com o meio e o bico cortados. Aí fiz esses cortes para simular o bico estrela, citado no vídeo. Só que ficou super grosso, hahaha
2. Fervi o sal, com manteiga e água.
3. Adicionei farinha de trigo.
4. Coloquei nesse treco aí que eu improvisei. Não está na foto, mas usei o fundo de um copo para empurrar e fazer o formato do churros.


5. Não tinha canela em pó em casa. Só inteira mesmo. Aí fiquei quebrando até ficar em pedaços menores, que como podem ver, ficaram muito grandes, rs
6. Ele cru, com açúcar e canela
7. Ele assando/fritando na AirFryer
8. Eu colocando o recheio. Como no churros, é normal ficar molenga por dentro, usei um canudo para fazer o furo e um bico de confeiteiro pra rechear


O que deu errado:
• Ele ficou branquelo. Nada contra, mas isso não ajuda o coitado, que já foi acusado de ficar cru (tive que voltar pra fritadeira umas 200x). Acho que é porque eu não usei açúcar mascavo.
• Eu não sabia quanto tempo deveria deixar na fritadeira
• Como ficaram grossos e pequenos, ele quebrou todo na hora de por o recheio
• O doce de leite tinha coco, então entupiu o bico de confeiteiro e me deu muito, muito trabalho
• No final ficou parecendo uma gororoba esquisita e por mais que tenha ficado com um GOSTO bom, poucas pessoas se animaram de comer

O que deu certo:
• Não ficou cru, depois de tanto sofrimento, era o mínimo
• O gosto ficou bom, diferente da aparência rs



OBS: esse negócio EXPLODE quando põe no óleo. É muito perigoso, por isso optei pela AirFryer. Baseado na minha curta experiência, os resultados com óleo são mais satisfatorios, porém é muito perigoso. Não vou por a receita aqui, porque como eu disse, não deu certo. Recomendo a do vídeo, ok? ♥

Confiram o projeto das migas:
 Vera, do Extrordinariando ● Karol, do Karol com Kah ● Mari, doMarielen Romanna ● Liana, do Garota do Nordeste ● Taís, do Brainstorms ● Lari, do She's Having Fun ● Mainá, do Virou Tendência Rafa, do Coffeepocket

E curta a fanpage do blog, tá??

                                             instagram • pinterest • grupo do blog • indireta musical do dia

One lovely blog award

sábado, outubro 18, 2014

Agradecimentos à Ingrid, Grazi, Brunna, Rafaella por terem me indicado ♥


#1 Por que decidiu criar um blog e quando começou?
Gostava muito de brincar de revista, de criar conteúdo e tal. Também tenho um prazer muito grande em materializar pensamentos, não sei explicar, é algo além de registrar, tornar ''palpável'', parece louco quando se trata de blog, mas acredito que ele me ajuda nessa vontade de tirar as coisas do abstrato e torná-las legíveis para outras pessoas.

#2 Quais benefícios o blog te traz?
Nunca ganhei dinheiro com o blog, mas já ganhei muitas, muitas e muitas amigas mesmo. Essa é a melhor parte de todas. A segunda melhor parte é que o mundo da blogosfera  me dá até hoje e apesar de tudo, muita informação e inspiração. Ter contato com muitos blogs interessantes (preservo muito bem os blogs que me trazem essa sensação ♥) me influenciou muito em geral, porque a gente vai agregando e processando aquilo que achamos legal e acabamos levando isso com a gente e passando pra outras pessoas. Faz sentido?

#3 Qual é o post mais acessado?
Os mais acessados são os de achadinhos. Mas um que é bem acessado e eu fico feliz de ter atraído muitas pessoas é o sobre minha transição capilar.

#4 Você usa as redes sociais?

#5 Como o blog tem evoluído?
Eu tô me empenhando muito mais na apresentação dos posts, o aspecto visual do blog evoluiu muito e isso trouxe muitos leitores novos!

#6 Já viveu algum fato importante por causa do blog?
Momentos com as minhas amigas que conheci através do blog, sempre! ♥

#7 De onde nasce a inspiração para escrever e continuar com o blog?
Me vem da vontade de lidar com o visual mesmo. Às vezes me animo de fazer um post só porque me deu muita coceira de fazer uma montagem, por exemplo. Ou de usar uma fonte nova e tal. No mais, me anima muito de compartilhar coisas muito legais que achei ou inventei.

#8 O que você tem aprendido a nível pessoal e profissional esse ano?
Muita coisa. Mas esse ano tá servindo mais de expectativa, não sei. Como se eu tivesse em treinamento. É cansativo. A impressão que dá é que esse ano tá sendo o limite da falta de mudanças pra mim. No sentido profissional, é como se eu tivesse ansiosa pra praticar tudo que eu reparei nesse período. Inclusive  minhas tendências para o visual, artes, design e moda. Também se dá pelo fato de que eu tô terminando uma formação (instrumento musical) e ansiosa pra começar outra, já na faculdade. 

#9 Qual é sua frase favorita?
Ando tendo várias, uma pra cada momento. Essas três estão mais presentes em mim ultimamente:

"The shortest aswer is doing the thing" Hemingway
"Beautiful things don't ask for attention." The secret life of Walter Mitty
"Arre, estou farto de semideuses! Onde é que há gente mundo? Então só eu que é vil e errôneo nesta terra?" Fernando Pessoa

#10 Qual conselho você daria para quem está começando agora no mundo do blogs?
Não seja um interesseiro!!! Faça as coisas com sinceridade e amor :)

#11 O que os blogs que você vai indicar tem em comum?
Todos são lindos, feitos com muito amor e resgatam em mim aquela sensação boa da antiga blogosfera ♥



                                              instagram • pinterest • grupo do blog • indireta musical do dia